Às vezes, do nada e sem que estejamos preparados, surgem perguntas e interesses que até nos surpreendem!

As nossas recolhas de pedrinhas, conchas de caracóis, paus e afins no jardim levaram-nos a encontrar também restos de ossos, possivelmente dados a algum cão que viveu aqui antes de nós.

As perguntas brotaram:
– Mamã, olha ossos! São do esqueleto?

E conforme mais dias passavam, mais ossos descobria e voltavam as perguntas.

Entretanto, na estante desta semana também tinha colocado um livro que ele revelou maior interesse devido a uma recente ida ao médico, uma miniatura de veterinário da Schleich e um puzzle das profissões que encontrei no chinês. (Aqui)

E entrando em casa com mais um osso encontrado, finalmente ele lembrou-se que eu trouxera para casa o meu material do corpo humano que uso para introduzir o tema aos meus pequenos do 1o ciclo. Ele sempre gostou desse material, mas como fica na escola, já há muito que não pegávamos nele.

Excepto o esqueleto, foi tudo adquirido no Olx e o livro, principalmente, foi um fantástico achado 🙂

Então comecei por explicar porque precisamos do esqueleto, a razão de toda esta curiosidade!
O crânio para proteger o cérebro…
…as vértebras para proteger os pulmões e o coração (e aqui tive de explicar que o nosso verdadeiro coração não é como a forma geométrica a que chamamos coração 😉 )…

…o médico a auscultar o coração, e que o estetoscópio serve para o ouvir…

…e depois o Sistema Digestivo, dum modo geral, mas que foi o que ele achou mais interessante por ter percebido, finalmente, o que acontece à comida e porque fazemos cocó!!!!!!!! Não vou dizer que não achei um piadão a esse contentamento todo, aquela alegria genuína de ter finalmente percebido algo importante  🙂 🙂 🙂 

Fui tão apanhada de surpresa que nem cartões tinha preparados! Mas foi uma excelente introdução ao tema e tem sido bem giro ver toda a interação com os objetos que ficaram na estante e a aplicação das aprendizagens noutros contextos (nomeadamente na casa-de-banho!!!!)😂😂😂😂😂

Realmente, os pequenos destas idades não param de nos surpreender <3
Fica aberta a exploração do tema, está mais que visto que vai continuar a dar que falar aqui em casa 🙂 <3
Depois aproveitamos e vimos o puzzle das profissões, dado que a pequenina anda numa fase forte de puzzles:
 Foi tão engraçado ver o mano a confirmar se estavam todas as peças e todas as profissões com a folha de correção que vinha com o puzzle. Acho que está preparado para começarmos atividades Montessori com folhas de controle de erro 😉 <3
Por fim, um passeio pelo campo, alimentando a fase recolectora do ser humano dos nossos pequenos (e mesmo em nós). Sentimo-nos tão humanos quando fazemos coisas assim, que fizemos durante milhares de anos como espécie 🙂 É uma sensação óptima! 🙂 

Leave a Comment