Passarinhos… E a minha terapia 💓🥰🌈 🦜🐦🦅🦉🦆🦃🦚🦢🕊️🐧🐓🐔🐣🐤🐥

Em tempos complicados, às vezes é difícil entendermos o que nos faz feliz no meio de tanta confusão: ele é tentar acompanhar as notícias para saber se as coisas vão melhorar, ele é falar com a família (mas a saudade apertar), ele é ter pouco espaço para mexer, casa pequena, e aquele hábito que acredito que todos temos que é trabalhar, trabalhar, trabalhar, quantas vezes excessivamente, mas que agora, em que fomos obrigados a parar, deixa aquela sensação de “Então e agora, o que é que eu faço?”

Para mim, a terapia tem sido continuar a fazer coisas para os meus filhos, sem pensar tanto em fazer para a escola. Embora continue a dar apoio às famílias, estar em casa dias inteiros com os filhos muda bastante o foco, e ainda bem, porque nestes momentos os nossos filhos precisam bem mais de nós (e nós deles).

Até porque, desde o início da Quarentena que já tive de mudar duas vezes as estantes e ir fazendo pequenas alterações aqui e ali nos entretantos. Eles precisam muito disto, e tem a vantagem de não estarem sempre em cima de nós para se entreterem.

Além disso, finalmente tenho algum tempo para preparar alguns materiais, neste caso, de cortar e plastificar, que já tinha parados há meses à espera. São materiais do HOKA, mas mais vocacionados para crianças pequenas, e por isso estavam parados – porque eu não consigo fazer para a escola e manter o ritmo cá para casa. É impossível. Aposto que muitos pais sentem o mesmo em relação ao seu trabalho. Depois, também há a situação de que, eles indo para a escola, tb precisam de menos coisas em casa. A escola é sem dúvida um motor de evolução para eles.

E agora, aqui estamos, enfiados em casa por um período indefinido, ainda rezando para que os nossos estejam bem e saudáveis e que nada os apanhe, e que este bicho mau desapareça duma vez por todas, para sempre, para podermos voltar para junto deles.

Entretanto, nesta semana já tive de rodar os materiais pelo menos 2 vezes, e ir alterando uma ou outra atividade nos entretantos. O primeiro tema foi em volta dos caracóis (aqui), e desta vez apostei nos pássaros, para levar à Páscoa, continuar o tema dos ovos e animais deles nascidos, e porque o meu pequeno sempre adorou os passarinhos, logo era uma certeza de sucesso. E não me enganei 🙂

Então, como começamos? Por este livro lindo aqui! Livros são óptimos despertadores de curiosidades 🙂

Entretanto, enchemos mais a estante com passarinhos. Como já referi, é provavelmente a maior paixão que o meu filho já demonstrou até hoje, que vai e vem, mas tem períodos bem fortes: ovos e aves

Leave a Comment